HISTÓRIA DE AMOR | NEGUINHA

UMA GUERREIRA
CHAMADA NEGUINHA.

 

No dia 20 de Setembro de 2016, nossa Associação recebeu um pedido de ajuda para uma cadelinha grávida que havia sido atropelada, a pessoa que pediu ajuda disse que aparentemente ela havia quebrado as duas patas. Infelizmente, não foi possível socorrermos de imediato, pois como já tínhamos dívidas, precisávamos primeiro arrecadar algum dinheiro para leva-la ao veterinário, e a família que cuidava dela alegou não ter condições financeiras para ajudar nos custos da clínica.

No fim da tarde do dia seguinte, duas voluntárias da Associação foram  até a casa onde a cadelinha estava. A pessoa que cuidava dela disse que tinha aparecido por lá já grávida e foi acolhida e batizada de Neguinha. Ela tinha o hábito de fazer suas necessidade fora de casa e como a casa não tinha portão, atravessava a rua várias vezes por dia. Foi em umas dessas travessias que Neguinha foi atropela, quase nos dias de ganhar seus bebês – estava com um barrigão enorme.

3core
Nossa voluntária Cris a levou para a Clínica Veterinária onde foi socorrida e examinada, constatando que Neguinha havia quebrado as duas patas dianteiras, em umas das patas quebrou o cotovelo e a outra pata se encontrava com os ossos moídos.

20160922_174603

 

Mas o caso era um pouquinho complicado, Neguinha precisava primeiro ganhar seus bebês para só depois ir ao centro cirúrgico operar.

20160922_174812

Uma semana depois nasceram seus bebês, cinco lindos cachorrinhos, e a Neguinha ainda teve que espera mais 5 dias para que seus filhotes ficassem mais fortes, para daí então ir para o centro cirúrgico.

20160926_133112

 

Sua cirurgia correu tudo certo, em umas das patas foi preciso colocar pinos externos para segurar os ossos moídos e na outra, uma placa iria resolver a fratura do cotovelo.

cirurgia

 

Mamãe Neguinha voltou da anestesia e no dia seguinte já estava cuidadando de seus filhotes sem reclamar (como fez durante todo o processo desde seu acidente).

Nós da Asssociação começamos então uma busca por um lar temporário que tivesse tempo e dedicação para fazer os curativos diários e dar os remédios na hora certa – TAREFA NADA FÁCIL.

Uma semana depois Neguinha estava de alta, pois como uma guerreira que é, sua recuperação estava caminhando muito bem. Coincidentemente, depois de alguns dia a SOS Animais recebeu outro pedido de ajuda, outra cachorrinha havia sido abandonada no mato doente  com seu bebês recém nascidos, porém a mãezinha acabou morrendo antes de ser socorrida e três de seus bebês que resistiram ao abandono, precisavam urgentemente de uma mãezinha de leite. Foi aí que Neguinha conseguiu seu  primeiro lar temporário e junto, mais três filhos adotivos. A voluntária do grupo que resgatou os filhotes do mato recebeu ela e seus cinco filhotes, e os outros três resgatadinhos ganharam sua mãezinha de leite.

Infelizmente dois dos bebês adotivos vieram a óbito na mesma noite, pois haviam adquirido a doença da mãe, e mesmo correndo risco de contaminar os outros bebês, o filhote sobrevivente continuou recebendo os cuidados da mãezinha.

Mais um tempo se passou, e os seis filhotes já fortinhos precisavam ser doados, pois o lar temporário em que Neguinha estava não podia mais ajuda-la. Três deles, foram para novos lares rapidamente. Nossa mãezinha forte e os outros três filhotes foram encaminhados então para outro lar temporário.

Em um dos retornos ao veterinário, ela foi diagnosticada com Doença do carrapato, doença no fígado e TVT (Tumor Venéreo Transmissível), o que estava atrapalhando sua recuperação total. Depois de doado todos os filhotes, iniciou-se o tratamento dessas doenças, Neguinha reagiu bem ao tratamento,  podendo assim ser castrada. Em seguida, iniciou o tratamento de Quimioterapia para combater a TVT.

20170127_090237

 

Hoje Neguinha ainda se encontra em lar temporário, com uma das patas em recuperação e já está indo para sua terceira sessão de quimioterapia. Serão necessárias mais quatro sessões para que o tumor desapareça. Ela é uma cachorra muito feliz e agradecida a toda a ajuda que recebeu, foi tratada sempre com muito carinho e respeito,  que é o que ela merece.

20170119_110130

 

O custo de todo seu tratamento já passa de R$5.000 reais e nossa Associação ainda precisa de ajuda para continuar tratando dessa guerreira de 4 patinhas.

Se você gostou da história de superação e recuperação dessa rainha e quiser ajudar a custear seu tratamento, a Associação SOS Animais recebe doações através do nosso site:

www.sosanimais.org/ajudar  ou através de depósitos ou transferência bancária:

Banco do Brasil:
AG: 5.782-7
CC: 70.000-2
Associação SOS Animais Primavera
CNPJ: 22.746.498/0001-79
ESTE É APENAS UM CASO, de diversos que atendemos durante o ano. Histórias de sofrimento, que terminam com final feliz. Afinal – todos tem direito de viver bem e serem amados.

 

Seja um associado de nossa associação!

Ajude-nos a fazer mais pets abandonados felizes.

    Comente...

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>