ENTENDA COMO FUNCIONA A ASSOCIAÇÃO SOS ANIMAIS

QUANDO NASCEU A SOS ANIMAIS?

A SOS Animais foi criada com o intuito de ajudar animais abandonados. Em fevereiro de 2014, foi feita uma página no Facebook onde os participantes começaram se ajudar, informando sobre animais machucados, abandonados ou em risco de vida em diversos pontos da cidade de Primavera, a página tomou grandes proporções, foi então que em meados de agosto do mesmo ano criou-se a SOS Animais Primavera, quando foi definida sua comissão organizadora. E dia 29 de Abril de 2015, foi aberta a Associação SOS Animais de Primavera.

 

O QUE FAZ A SOS ANIMAIS?

Resgatamos animais de rua e encaminhamos para adoção. Caso o animal necessite de tratamentos, realizamos o que for necessário em clínicas veterinárias parceiras ou em lares temporários, só então, depois de recuperado o animal é encaminhado para adoção.

 

A SOS ANIMAIS DISPÕE DE UM ABRIGO?

Não. Contamos apenas com o apoio de pessoas dispostas a dar lar temporário (LT), aos animais resgatados até que eles sejam adotados. Quando não conseguimos esse LT, pagamos com recursos da SOS Animais o hotelzinho até que o animal seja adotado.

 

A SOS ANIMAIS É UM ÓRGÃO PÚBLICO?

Não. Somos um grupo de voluntários em busca da conscientização e proteção aos animais, dando amparo e buscando acima de tudo, inseri-los em um novo lar.

 

QUAL É O FOCO PRINCIPAL DA SOS ANIMAIS? POR QUÊ?

Castração! Um cálculo simples que fizemos: a cada 100 animais que castrarmos, serão aproximadamente 6 mil animais a menos nas ruas em um período de 2 anos. Com isso, diminuem-se os casos de urgência, como atropelamentos e doenças graves, minimiza-se também o desespero para encontrar um lar temporário ou definitivo e também abrandamos a tristeza desses animais que estariam nas ruas sem cuidados e sem amor.

 

VOCÊS ATENDEM ANIMAIS QUE JÁ TEM TUTOR?

Não, a responsabilidade em arcar com os custos do bichinho é do proprietário. Apenas auxiliamos com a adoção caso o mesmo não possa mais cuidar do seu animal de estimação. Porém, tem que ser uma pessoa consciente e só adote se realmente tem condições de cuidar de uma vida que precisa de auxílio. Um gato ou cachorro são animais domesticados pelo ser humano, por isso, necessitam de amor, carinho, atenção, medicamentos, alimentação, atendimento veterinário, vacinas, são vidas que dependem de nós.

 

MINHA CACHORRA/GATA TEVE FILHOTES E PRECISO DE AJUDA PARA ADOÇÃO. COMO FAÇO PARA OBTER AJUDA?

Encaminhe fotos dos animais que deseja por para adoção e dados dos animais como: (Macho/Fêmea | Quantos dias tem de vida | Porte do animal | Telefone para contato). Através desses dados publicamos o pedido de adoção e supervisionamos todo esse processo.

 

QUAL É O PROCEDIMENTO REALIZADO QUANDO O ANIMAL RESGATADO PRECISA DE TRATAMENTO VETERINÁRIO?

Quando o animal está doente ou precisa passar por algum procedimento cirúrgico, nós o levamos até a clínica veterinária parceira da SOS e arrecadamos doações para custear o seu tratamento.

Para serem atendidos pela SOS, os animais devem ter as seguintes características: estarem abandonados em situação de risco, vítimas de maus tratos, violência sexual ou doméstica.

 

QUANTOS ATENDIMENTOS DE URGÊNCIA A SOS ANIMAIS FAZ POR MÊS?

A SOS ANIMAIS passou por uma situação financeira muito difícil no fim de 2014, e somente no mês de maio de 2015 conseguiu liquidar essa grande dívida que contraiu com os atendimentos do ano anterior, por este motivo, decidiu através de sua comissão, adotar a regra de efetuar somente 3 atendimentos mensais. Esses atendimentos serão para os casos emergenciais, pois o foco principal da SOS são as castrações.

 

QUANTAS CASTRAÇÕES A SOS ANIMAIS FAZ POR MÊS?

A SOS ANIMAIS adotou o valor de R$1.000 reais para castrações ao mês. Sendo destinados R$500 para cães e R$500 para gatos. As quantidades exatas de animais que serão castrados não têm como ser previstas, pois cada animal tem um custo diferente dependendo do seu porte, se é fêmea ou macho, se é gato ou cão.

 

VEJO UM CASO DE ATROPELAMENTO OU QUALQUER CASO EMERGENCIAL, COMO DEVO PROCEDER?

Não adianta apenas ligar para a SOS ANIMAIS, isso não é ajudar. Como dissemos acima, somos voluntárias sem ajuda do Governo ou qualquer outro órgão particular. Por isso, a pessoa que entrar em contato com a SOS, deve se responsabilizar com 40% dos gastos que o animal tiver em clínica veterinária. Nem sempre poderemos ir até o local, pois também temos nossos compromissos particulares. Nestes casos, pedimos para que a pessoa que ligou leve o animal até a clínica veterinária que liberamos a entrada através da SOS. Após isso, pegaremos seus dados e manteremos você em contato para saber sobre o animal, após sua recuperação, colocaremos para adoção.

 

A SOS ANIMAIS RESGATOU UM ANIMAL EM CASO DE EMERGÊNCIA E DEPOIS DE ALGUNS DIAS APARECEU O SEU DONO. QUAL É O PROCEDIMENTO?

Se o animal tem um dono, este deve arcar com as despesas que a SOS ANIMAIS teve com o animal até o momento. Caso o proprietário não tenha condições de pagar o tratamento à vista, a SOS ANIMAIS irá avaliar a melhor maneira de fazer o acerto. Se o dono mesmo assim não quiser pagar os débitos, a SOS ANIMAIS não devolverá o animal e ele irá para adoção. Afinal, se o proprietário se recusa a pagar os custos, certamente deixaria o animal sem assistência no momento do acidente ocorrido ou qualquer outra situação que o envolvesse.

 

Para mais dúvidas entre em Contato.

 

Banco do Brasil
AG: 5782-7
C/c: 70.000-2
Associação SOS Animais